Plano de Formação de Talentos Jovens em Ciência e Tecnologia
Tendo como objectivo implementar as ideias de administração apresentadas pelo Chefe do Executivo no ano de 2016, e consolidar e aprofundar os resultados já alcançados relativos à popularização das ciências, em 2016, o Fundo para o Desenvolvimento das Ciências e da Tecnologia (FDCT), em colaboração com a Direcção dos Serviços de Educação e Juventude (DESJ), inaugurou o “Plano de Formação de Talentos Jovens em Ciência e Tecnologia”, cujo conteúdo consiste principalmente em dois aspectos:
 
I. Reforço do financiamento a estudantes de ensino secundário para participarem em competições científicas relevantes
  • São incluídas em competições científicas relevantes:
1. Concurso Nacional de Invenções Técnico-Científicas para Jovens
2. Intel ISEF - Feira Internacional de Ciência e Engenharia
  • Concentração de recursos e forças
O plano em apreço é organizado conjuntamente pela DSEJ e pelo FDCT e realizado pela Associação dos Engenheiros de Macau, mediante o apoio prestado pelo Centro de Promoção da Ciência e Engenharia da Universidade de Macau.
  • Intensificação de treinos pré-competição
Apoiada pelo Centro de Promoção da Ciência e Engenharia da Universidade de Macau
 
II. Lançamento do “Plano de Desenvolvimento do Potencial”
  • Entidade realizadora: Centro de Promoção da Ciência e Engenharia da Universidade de Macau
  • Destinatários: alunos de 2.º ou 3.º ano do ensino secundário que tenham desempenho excelente e que apresentem potencial em relação a disciplinas científicas, aos quais serão dadas orientações de longo prazo
  • Conteúdo: através da disponibilização de orientações e treinos sistemáticos relativos à capacidade investigadora, desenvolver as habilitações de alunos em termos criativos e competitivos no âmbito académico, apoiar a participação dos mesmos em competições relevantes e, então, alargar o horizonte dos alunos.
  • Progresso: Com a primeira edição do plano, beneficiaram 12 estudantes do ensino secundário, que já começaram a receber treinos em Março de 2016, selecionados de um total de 29 recomendados por 16 escolas secundárias. Após os trabalhos de admissão de estudantes para a segunda edição que iniciaram em Julho de 2016, foram totalmente apresentados 28 alunos por parte de 16 escolas secundárias. Feita a avaliação, foram escolhidos 11 alunos oficialmente admitidos e 10 estagiários.




Copyright(C) 2005 ALL right reserved.